Medellín, Colômbia. Modalidade virtual
30 NOV – 04 DIC  2020XIV Congresso da Seção Latino-Americana da Associação Internacional para o Estudo da Música Popular – IASPM-AL: “Le cayó la gota fría: Formação, trabalho e economia da música popular na América Latina” Universidade EAFIT e Universidade de Antioquia

Os pesquisadores frequentemente abordam o estudo da música popular com o propósito de analisar elementos estéticos, simbólicos ou sociais, e se perguntam sobre a função que desempenham nas sociedades latino-americanas. No entanto, existem poucas oportunidades nas quais os pesquisadores se perguntam sobre questões talvez mais mundanas, mas não menos importantes, como as relações da música popular com a economia, com o local de trabalho e com a formação que requer um músico para obter um lugar no mercado de trabalho musical. Consequentemente, o tema central desta edição do congresso busca promover reflexões sobre aspectos que afetam o cotidiano, pois envolvem questões ligadas à sobrevivência dos músicos, a constituição das audiências e dizem respeito aos próprios pesquisadores desses fenômenos. Todos, sem distinção, suam “a gota fria”, alusiva à canção memorável cantada por Carlos Vives, para sobreviver numa economia de mercado. Este congresso conta com a participação de palestrantes, pesquisadores e público em geral interessado nos estudos da música popular latino-americana.

O Congresso teve três conferências principais

1- Conferência inaugural. “Desenvolvendo a Musicologia Prática. Um estudo de caso em Cuba”. Simon Zargoski-Thomas (Reino Unido) atua na University of West London. Doutor em Composição em estúdio, especializou-se na reflexão e no estudo teórico da produção e gravação musical.

2- Conferência: “Produção musical resiliente no Rio de Janeiro”. Micael Herschmann (Brasil). Doutor em Comunicação. Professor da Escola de Comunicação e do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Cultura da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro). Seus interesses de pesquisa incluem: Comunicação e cultura urbana; Cidades criativas; Estudos de som e música; Juventude, espacialidade e políticas públicas. Pesquisador do CNPq (1D). Coordenador geral do grupo de pesquisa Núcleo de Estudos e Projetos em Comunicação (NEPCOM).

3- Conferência: “Formação de professores em música. Em busca de uma educação intercultural”. Professora Silvia Carabetta (Argentina).

Além disso, foram organizados 16 simpósios, com 81 sessões ou mesas onde foram apresentados 221 trabalhos.

Simpósio 1: Trabalho afetivo, trabalho de campo e colaboração no estudo da música popular latino-americana
Simpósio 2: Trajetórias da cumbia na América Latina: apropriação e ressignificação de uma cultura musical
Simpósio 3: Música Popular e Política
Simpósio 4: Música, midiatizações e performances. Da mídia de massa às plataformas digitais: o músico multitarefa na música popular latino-americana contemporânea
Simpósio 5: Música e Culturas Juvenis: identidades, alteridades, estética, corporeidade
Simpósio 6: Formação em música popular no ensino superior na América Latina: experiências, propostas e perspectivas
Simpósio 7: Música e identidades regionais: transformações, oposições e desafios às identidades nacionais latino-americanas
Simpósio 8: Divisão do trabalho aural: instituições, regimes sensoriais, ubiquidade digital e contextos históricos
Simpósio 9: Criação audiovisual e música popular: etnografia, ativismo e memória histórica
Simpósio 10: Música Popular e Imagem
Simpósio 11: Dos Cilindros de Cera aos Discos de Vinil (Parte Dois): músicos, produtores e consumidores nas indústrias musicais na América Latina
Simpósio 12: Músicas Populares na América Latina e o Concílio Ecumênico Vaticano II
Simpósio 13: Da gravação em fita ao computador: criação musical e mediação tecnológica nos processos de produção de áudio
Simpósio 14: Folclore na América Latina: casos e renovações
Simpósio 15: Feminismos em sintonia de luta. Música em contextos de disputa pela igualdade de os direitos econômicos, profissionais e culturais das mulheres
Simpósio 16: Escutando a história. Gravações comerciais como fonte histórica em estúdios de música populares

Atualmente, a Diretoria está trabalhando na publicação dos Anais do Congresso de Medellín.